Este Blog tem como objetivo principal a troca de experiências,compartilho experiências que deram certo, pois acredito que assim todos cresceremos juntos inclusive meus alunos que têm participado ativamente deste blog!

terça-feira, 19 de junho de 2012

A HISTÓRIA CRIANDO VIDA NA SALA DE AULA

O ROUXINOL DO IMPERADOR.

Uma história pode sair do papel e criar vida dentro da sala de aula.

  • Depois de ouvir a história conversar sobre versões, então  criar uma nova versão da história.
  • Esta versão deve ser criada  em forma de texto coletivo.
  • Decidir como será a ilustração (aqui será uma ilustração feita em origami. Presas em 1/4 de folha de cartolina)
  • Com a turma, dividir o texto em cenas(aqui 12 cenas), todos podem participar dando sugestões.


Esta história aconteceu na China há muitos anos atrás. O Imperador tinha um palácio magnífico, caro todo feito de porcelana. No jardim havia flores maravilhosas e as mais lindas tinham presas nelas pequenos sinos de prata que tocavam quando as pessoas passavam.


O jardim era muito grande que nem o jardineiro sabia onde ele acabava, no fim havia um lindo bosque com lindas árvores. Lá havia um lindo Rouxinol que cantava docemente, até as pessoas mais ocupadas paravam para ouvir seu canto. Os viajantes maravilhavam-se com tudo, mas diziam: "O Rouxinol é o melhor de tudo!"


Isto chegou aos ouvidos do Imperador:
- O que é isso? Rouxinol? Nunca ouvi falar nele e está no meu jardim?
O Imperador chamou o seu cavaleiro e lhe ordenou que trouxesse o Rouxinol para cantar para ele. Então o cavaleiro encontrou uma menina que trabalhava na cozinha do palácio e ela disse que conhecia o Rouxinol.


Então, o cavaleiro, a menina e algumas pessoas da corte foram até o bosque procurar o Rouxinol. No caminho uma vaca mugiu e eles disseram:
- Encontramos o Rouxinol!
E a menina disse:
- Não, isto é uma vaca!


E então eles ouviram sapos coaxando:
-Esplêndido!- disse o capelão, pensando ser o Rouxinol.
- Não, isso são sapos!- disse a menina.


E então o Rouxinol começou a cantar.
-Aí está!Ouçam! Ele está ali- disse a menina.
Era um pássaro pequeno e cinza. "Como poderia cantar tão bem". Pensaram todos.
- Rouxinolzinho!- disse a menina- Você cantaria para o Imperador?
-Claro!- respondeu o pássaro. E começou a cantar, e todos se maravilharam com o canto do pequeno pássaro.
Rouxinolzinho. O Imperador não está aqui, ele está no palácio, você vem conosco?
- O meu canto é melhor no bosque, mas eu vou com vocês!


E o Rouxinol foi, e ao chegar no palácio o colocaram num poleiro de ouro e ele cantou para o Imperador. O canto encheu todo o palácio. O Imperador mandou fazer uma gaiola de ouro para o Rouxinol e permitia que ele saísse duas vezes ao dia, preso por uma fita de seda para que ele não fosse embora. Mas o Rouxinol não cantava como antes, pois estava triste.


Um dia o Imperador ganhou um pássaro de corda, todo de ouro cravejado de brilhantes que cantava uma das músicas do Rouxinol. O Imperador, então, mandou soltar o Rouxinol, porque agora ele tinha um pássaro mais bonito e que cantava para ele.


Um dia o Imperador ficou doente e mandou que pegassem o pássaro de brinquedo para que cantasse para ele, mas o pássaro quebrou e não havia como consertá-lo. Então, o Imperador lembrou do Rouxinol e se arrependeu de ter sido tão ingrato com ele.


De repente o Imperador ouve um canto e o Rouxinol pousa na janela do palácio e enche o quarto com seu canto, o Imperador se sente melhor. E pede ao Rouxinol que volte para o palácio e o Rouxinol diz:
- Meu querido Imperador, eu venho todas as manhãs cantar para o senhor, mas um pássaro não foi feito para ficar preso, meu canto é mais bonito livre no bosque.


O Imperador concordou e a partir daquele dia todas as manhãs o Rouxinol passou a cantar para o Imperador em sua janela. E sua fama se espalhou por toda parte, todos queriam ouvir o canto do pequeno pássaro cinza que cantava nos jardins do Imperador.


Depois de prontas as cenas chegou a hora de lermos a história uns para os outros.


Convidar os colegas de outras turmas para ouvirem a história.

A turma poderá fazer algum brinde para distribuir aos colegas que ouvirem a história, como uma forma de valorizar este momento, (aqui foram feitos vários pássaros).

Como o Rouxinol é um pássaro cantor, a turma pode ensaiar uma música para cantar ao final da história, assim todos participam da apresentação.



Avaliação: Ao final desta sequência didática, os alunos terão aprendido vários conteúdos sem se darem conta disso, texto narrativo, diálogo, versão, texto teatral, oralidade, arte, sequência lógica, trabalho em equipe...








6 comentários:

Escritos e Leituras disse...

Mas que coisa mais bonita, só poderia vir de vc, amiga querida! Parabéns sempre. Bjks

Ninha disse...

Muito interessante e criativa essa atividade! Precisamos realmente incentivar nossos alunos leitores.
Parabéns!Mônica Melo Assessora da E/SUBE- SME

Ana Márcia disse...

Que legal na 2ª feira chegamos a 13.000 acessos e hoje 3 dias depois já estamos com mais 450. Obrigada a todos.Bjs

Anônimo disse...

Muito linda a história e a estratégia para ensinar as crianças é excelente. Parabéns Prof. Ana Márcia, excelente trabalho, DEUS a abençoe poderosamente,sempre. Beijo

Educação em Foco disse...

Muito legal, fiquei encantanda com o trabalho.
Genis

Ieny disse...

Adorei essa atividade. Bj.